10CIPAM

Laureados 2013 – 10º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho

LAUREADOS 10º CONCURSO IBÉRICO DE PIANO DO ALTO MINHO


Classe A

1º Francisco Nunes Vieira de Almeida / Mateus Martins Meireles de Barros.
2º Sofia Cruzeiro Almeida de Oliveira.
3º Maria Luisa Ribeiro Gonçalves.

Menção Honrosa: Thiago William Carvalho Tortaro.
Melhor interpretação da peça obrigatória: Mateus Martins Meireles de Barros.

Classe B

1º Não foi atribuído.
2º Não foi atribuído.
3º Rafaela Ribeiro de Oliveira.

Menção Honrosa: Pedro Duarte Gamito Almeida Marques / Sofia Gonçalves.

Melhor interpretação da peça obrigatória: Não foi atribuído.

Classe C

1º Não foi atribuído.
2º Ema da Costa Lecomte / Ricardo António Barroso da Costa.
3º Isaac Morgado Santos.

Menção Honrosa: Carina Cardoso Silva / Fernando Luís Santos Rego / Luís Miguel Martins Brito.

Classe D

1º Bruno Ferreira.
2º Jorge Garcia.
3º Hugo Peres.

Melhor Interpretação: Bruno Ferreira.

Classe E

1º António Silva.
2º Não foi atribuído.
3º António Dias / Duarte Martins.

Melhor Interpretação: Duarte Martins.

AMFF_Quarteto_Trompas_Port

Quarteto de Trompas Português

No próximo dia 27 de Março, às 18 horas, o Quarteto de Trompas Português irá realizar um concerto no Auditório da Academia de Música de Ponte de Lima.
Programa:

 

Quarteto nrº1 – Kerry Turner (1960)
The Music of Royal Fireworks – Georg Friedrich Händel (1685 – 1759)
Rule Britannia! – Kerry Turner (1960)
Kamarazene – F.Hidas (1927 – 2007)

A entrada é gratuita não perca esta excelente oportunidade!

Siga o evento no Facebook aqui

AMFF_IN_CONCERT

AMFF IN CONCERT – 20 de Março

AMFF IN CONCERT nasce da mesma forma que nascem os sonhos, com um carácter demasiadamente ambicioso, de natureza improvável, ou, pelo menos, considerado “dificilmente realizável”. A dimensão que queria ser dada, bem como a projeção que lhe foi desejada, considerava-se quase inatingível. Não obstante, o seu objetivo primordial – Sensibilizar toda a Comunidade Educativa para a multifuncionalidade do instrumento dito clássico, visando não só uma maior motivação dos alunos, como também potenciar uma colaboração interdisciplinar , com uma finalidade comum – permitiu que “se fizesse acontecer”.

O “sonho” de Jaime Alvarez, começa a “ganhar vida” com o apoio incondicional de José Paulo Ribeira, diretor musical deste projeto; da Academia de Música Fernandes Fão; da Audio Stage, que terá a cargo a produção técnica; do Município de Caminha e da Amadeus Instrumentos Musicais, e chega-se, finalmente, ao AMFF IN CONCERT, espetáculo que trará, pela primeira vez, ao concelho de Caminha, um concerto de fusão entre o mundo pop/rock e o mundo erudito, entre a atualidade e a intemporalidade.

Assim, juntar-se-ão em palco cerca de 400 artistas, entre a orquestra sinfónica, a banda rock, o coro e os solistas – talentos concelhios como Paulo Baixinho, Sara Pereira, Ricardo Gomes, Inês Pinheiro e Elza Ferreira conjugados com o profissionalismo e a experiência da soprano Marina Pacheco. Quando anteriormente se falava em ambição, em sonhos “dificilmente realizáveis”, era a isto que nos queríamos referir, à dificuldade de conjugar esforços de mais de 600 pessoas, os artistas, os professores, os técnicos e todos quantos de uma ou de outra forma deram o seu contributo para que “o sonho” se tornasse realidade, o que seria impossível sem um sentimento comum de paixão, de acreditar na arte e na música.

Quando se percebeu que o AMFF IN CONCERT seria uma realidade, quisemos dar-lhe um carácter ainda mais humano, doando a totalidade da receita apurada a Rosalina Paredinha, o que desafortunadamente não se pode concretizar devido ao falecimento desta jovem, que homenagearemos no dia 20 de Março de 2013, no Pavilhão Municipal de Caminha. Não obstante, e porque todos nós temos obrigação de valorizar e enaltecer a sua missão humanitária, a receita deste concerto será doada, inteiramente, às corporações de Bombeiros Voluntários de Caminha e Vila Praia de Âncora, de forma a que possam dignamente continuar a sua tão nobre função…porque continuámos a ACREDITAR que, se ACREDITARMOS, o improvável pode, simplesmente, ACONTECER, vamos celebrar, no dia 20 de Março, três tempos do tempo, o passado, o presente e o FUTURO da arte, da música, da cultura….

Segue o evento no Facebook aqui