Tríssono

7 Julho | Abertura da Feira de Artesanato | 18h30
“Tríssono” | Um Século de Guitarra de Coimbra
 
Álvaro Aroso – guitarra portuguesa (coimbrã), José Santos Paulo – guitarra portuguesa (coimbrã) e Eduardo Aroso – viola dedilhada (guitarra clássica)
PROGRAMA
– Carlos Paredes, Verdes Anos
Séc XIX/XX
– Anthero da Veiga
                           Bailados do Minho
Anos 20/30
– Flávio Rodrigues 
                           Valsa em Sol Maior
– Jorge Morais “Xabregas”
                           Variações em Lá menor
– Artur Paredes
                           Variações em Sol Maior
Anos 30/40
– António Carvalhal 
                           Variações em Lá Maior
– Armando Carvalho Homem
                           Variações em Ré menor
– José Amaral 
                           Variações em Lá menor
Anos 50/60
– João Bagão
                           Variações em Lá menor
– António Brojo
                           Estudo em Lá
Anos 70
– Álvaro Aroso
                           Renascer
– Carlos Paredes
                           Variações sob uma dança popular 


Álvaro Arosonasceu em Coimbra, em 1954. Licenciado em Economia. Fez parte de grupos musicais académicos. Colaborou em programas de televisão. É intérprete e compositor de guitarra de Coimbra.
José Santos Paulo nasceu em Nova Freixo, Moçambique, em 1960. Fez parte de grupos musicais académicos. Colaborou em programas de televisão. Diplomado com o Curso de Canto do Conservatório, intérprete de guitarra de Coimbra, é professor deste instrumento no Conservatório de Música de Coimbra. Publicou Método de Guitarra Portuguesa, obra que contempla um ensino progressivo, desde simples exercícios a peças para instrumento solista e orquestra.
Eduardo Aroso nasceu em Coimbra, em 1952. Licenciado em Música (ensino genérico). Fez parte de grupos musicais académicos. Colaborou em programas de televisão. Intérprete de viola dedilhada (guitarra clássica), autor de poemas e fados/baladas, bem como de música para guitarra de Coimbra e guitarra clássica. Publicou, entre outros, A Guitarra Portuguesa – Património Cultural.
Para além deste programa instrumental intitulado 12 peças e 12 autores, os elementos do TRÍSSONO constituem, com outros, a Tertúlia do Fado de Coimbra, grupo com cerca de 4 décadas, com atuações nos cinco continentes, tendo uma discografia que contempla desde os chamados temas “clássicos” de Coimbra (Relíquias CD) aos originais do próprio grupo (Amanhecer em Coimbra CD). Álvaro Aroso, José Santos Paulo e Eduardo Aroso fizeram parte do grupo «Quatro Elementos», tendo gravado o CD intitulado O meu lugar, com músicas originais sobre poemas de António Arnaut. José Santos Paulo e Eduardo Aroso gravaram também, recentemente, a obra completa de Flávio Rodrigues, guitarrista de Coimbra. 

Encontro com um Piano

6 Julho | Teatro Diogo Bernardes | 18h30
“Encontro com um Piano” | Vasco Rocha

PROGRAMA
– Bach (1685/1750) 
                           Fantasia Cromática e Fuga em Ré menor
– Liszt- Paganini (1811/1886) 
                           Estudo nº2 em Mi bemol Maior
– Beethoven (1770/1827) 
                           Sonata nº18, em Mi bemol, op.31 no.3
– Ravel (1875/1937) 
                           Sonatina



Vasco Silva Dantas Rocha nasceu no Porto, em 1992. Fez Com a sua primeira apresentação pública como pianista aos 6 anos de idade. Em 2000, foi admito com distinção no Conservatório de Música do Porto. Desde então, já atuou como pianista e violinista em mais de uma centena de eventos musicais, em variadas salas de renome, em Portugal, Espanha, Grécia e Reino Unido, tais como, Teatro de San Agustin, Whiteley Hall, Amaryllis Fleming Concert Hall, Casa da Música, CCB, Auditório Caixa Nova de Vigo, Europarque, Grémio Literário de Lisboa, Ateneu Comercial do Porto, Teatro Helena Sá e Costa, Museu Romântico do Porto, Salão Árabe do Palácio da Bolsa, entre outros.
De entre os vários prémios obtidos em diferentes concursos em Portugal e Espanha, destacam-se os seguintes primeiros prémios: Concurso de música de Câmara Maestro Ivo Cruz (em 2004 e 2008), Concurso de Piano de Vigo (2006 e 2010); Concurso de Piano “Marília Rocha” (“2006”); Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho (2007 e 2011); Concurso Internacional de Piano do Fundão (2007); Concurso de Piano de Paços de Brandão (2007); Concurso de piano Elisa Pedroso (2009); Concurso Internacional de Piano “Florinda Santos” (2010); Concurso de Piano de “Santa Cecília”, Porto (2011). Foi também distinguido com o “Prémio Casa da Música 2009”.
Em Junho de 2010, completou os seus estudos no Conservatório de Música do Porto (8ºgrau), com a nota máxima de 20 valores, onde foi sempre aluno da pianista Rosgard Lingardson. Participou em diversas masterclasses de piano e violino com professores conceituados, tais como, Dimitri Alexeev, Álvaro Teixeira Lopes, Phillipe Cassard, Andrew Ball, Pedro Burmester, Ian Jones, Betty Haag-Kuhnke, Sergei Covalenco, Fausto Neves, Peter Donohoe, entre outros. Recebeu conselhos do Maestro Ivo Cruz. Gravou em CD, a convite da Rádio Galega, em Vigo, no Auditório Caixa Nova, e também em Manchester no Grande Auditório do Chetham’s College. Em Janeiro de 2011 realizou, na “Sala Suggia” da Casa da Música, um recital de piano após ter sido premiado com o “Prémio Casa da Música 2009”. Em Setembro de 2010 iniciou os seus estudos no Royal College of Music, em Londres, onde trabalha com o conceituado professor Niel Immelman.

Festival Percursos da Música 2012

O Festival “Percursos da Música 2012” continua, na senda das edições anteriores, a privilegiar a abordagem multidisciplinar que o distingue dos restantes festivais de música tradicionais. Conscientes de que a formação de públicos é fulcral para o incremento da cultura na região e no país, os programas são criteriosamente selecionados para a maior parte da população e não para nichos específicos de mercado. Com a chancela da Academia de Música Fernandes Fão e da Academia de Música de Ponte de Lima, em parceria com o Teatro Diogo Bernardes e patrocinado integralmente pelo Município de Ponte de Lima, os artistas participantes possuem uma vitalidade notável e uma projeção nacional e internacional, mesmo no caso dos mais jovens. A vertente pedagógica é, também, uma constante! Assim, a inclusão de alunos da AMFF/AMPTL tem como principal objetivo torná-los, no futuro e independentemente da profissão a escolher, profissionais competentes, cultos, criativos, flexíveis de pensamento e socialmente intervenientes. Como disse o professor Agostinho da Silva, grande referência da cultura portuguesa como filósofo, poeta e ensaísta, devemos ajudar os alunos a serem simultaneamente “soldados” e “poetas”.

A música e a vida são construídas com memórias físicas, mentais e sensoriais. Ouvir música implica analisar, individualmente, as diferentes componentes musicais e, simultaneamente, ter a sua perceção global, numa experiência artística do espírito e dos sentimentos. E essas experiências serão muito intensas desde o espetáculo de abertura do Festival, “Viagem a Buenos Aires”, até ao encerramento com a ópera “O Melhor dos Mundos Possíveis”, com texto em português e numa adaptação de “Candide” de Voltaire e música do espantoso compositor americano Leonard Bernstein! A vários recitais de piano, violino, flauta, guitarra clássica e guitarra portuguesa juntar-se-ão outras manifestações, como animação de rua com ensemble de cordas, de sopros e música da Galiza, teatro “O Hábito não faz o Monge”, dança com a “Jangada de Pedra” e Indie rock com “Mazgani”. À semelhança dos outros anos, o Festival espalhar-se-á por toda a vila, desde o auditório da Academia de Música e Teatro Diogo Bernardes, passando pelo Largo Camões, Largo da Picota e Loja Rural – antiga Cadeia das Mulheres.
Estamos certos que os espetáculos serão enriquecedores e inesquecíveis para aqueles que quiserem ter o privilégio de estar presentes. Como dizia o escritor Aldous Huxley, a música é aquilo que mais aproximadamente exprime o inexprimível … Sintam e vivam!!!

A Diretora Artística
Eugénia Moura

VIAGEM A BUENOS AIRES

VIAGEM A BUENOS AIRES
4 e 6 de Julho :: 21H30
Concerto encenado
Marina Pacheco & Olga Amaro

Concepção – Marina Pacheco, Olga Amaro e Pedro Lamares
Encenação e Dramaturgia – Pedro Lamares
Luz – Pedro Cabral
Fotografia – António Carlos Matos
Som – Inês Lamares
Figurino – Elisabete Castro
CO-produção – Marina Pacheco & Olga Amaro / Em Cena (AMFF)

Interpretação
Voz – Marina Pacheco
Piano – Olga Amaro
Violino – Carlos Pinto da Costa
Violoncelo – Nuno Cruz
Poemas ditos – Pedro Lamares

“queria ser marinheiro
correr mundo com as mãos abertas ao rumo das aves costeiras
(…)
levaria na bagagem a sonolenta canção dos ventos
(…)
às vezes… quando acordava
era porque tínhamos chegado
ficava a bordo encostado às amuradas
(…)
se descesse a terra encontrar-te-ia… tinha a certeza
(…)
mas ficava preso ao navio… hipnotizado
com o coração em desordem
(…)
há-de flutuar uma cidade no crepúsculo da vida
pensava eu
como seriam felizes as mulheres à beira-mar
debruçadas para a luz caiada
(…)
espiando o mar
e a longitude do amor embarcado”

Excertos de SALSUGEM – Al Berto

Preços:

Plateia e Frisas de 1ª de Frente 5,00 Euros
Frisas de 2ª de Frente 3,50 Euros
Frisas de 3ª e Laterais 1,50 Euros

Reservas de Bilhetes: Teatro Diogo Bernardes, Ponte de Lima

Música para bébés FEVEREIRO 2012

A edição de Fevereiro do Workshop de Música para bebés, organizada mensalmente pela Academia de Música Fernandes Fão, é já no dia 11 de Fevereiro, pelas 15hs, na AMFF de Vila Praia de Âncora. Este mês o tema é o Carnaval e de certeza que os nossos bébés se vão divertir imenso com as professoras Filipa Gonçalves e Ilda Meira.
Na AMFF de Ponte de Lima, o workshop realizar-se-á à mesma hora, no dia 25 de Fevereiro.

Relembra-se que as inscrições nos workshops estão abertas a todos os papás e bébés entre os 12 e 36 meses! O custo de cada inscrição é de 3 euros.

PRÓXIMOS EVENTOS
FEVEREIRO Carnaval 11/2 Vila Praia de Âncora | 25/2 Ponte Lima
MARÇO Primavera 17/3 Vila Praia de Âncora | 24/3 Ponte Lima

Música para bébés | Mundo Encantado em Ponte de Lima

No passado Sábado, dia 28 de Janeiro, foi a vez de Ponte de Lima receber a 3ª edição do atelier de Música para Bébés, organizado pela Academia de Música Fernandes Fão. Como já havia acontecido em Vila Praia de Âncora na semana anterior, nesta edição, as professoras Filipa Gonçalves e Ilda Meira, alimentaram a imaginação dos 12 bébés presentes com o Mundo Encantado dos palácios, príncipes, princesas e fadas!
Veja aqui as fotografias do evento!

Não perca as próximas edições e inscreva já o/a seu bébé. Para isso basta clicar aqui e entregar a ficha de inscrição na secretaria da AMFF em Vila Praia de Âncora ou Ponte de Lima. O custo de cada inscrição é de 3 euros


PRÓXIMOS EVENTOS
FEVEREIRO Carnaval 11/2 Vila Praia de Âncora | 25/2 Ponte Lima
MARÇO Primavera 17/3 Vila Praia de Âncora | 24/3 Ponte Lima

Encontro com Richard Zimler na António Feijó

Na passada quinta-feira, dia 12 de Janeiro, teve lugar na Escola António Feijó, em Ponte de Lima, um encontro com o escritor Richard Zimler, uma iniciativa organizada pela professora de Português Rosa Paredinha. Nesse encontro, que contou com uma parte musical, esta esteve a cargo dos alunos de articulado da turma do 2ºA da Academia de Música Fernandes Fão. Parabéns aos jovens músicos!

Diário de Bordo ::: Novas Fotografias

Fotografias de 28.12.11 (por Fátima Simões)
https://picasaweb.google.com/107104159148689995894/DiarioDeBordo

Fotografias de 29.12.11 (por Fátima Simões)
https://picasaweb.google.com/107104159148689995894/DiarioDeBordo02

Fotografias dos preparativos do último dia (30.12.11) (por Manuela Moura)
https://picasaweb.google.com/105897751865301525659/3012TeatroDiogoBernardesDIARIODEBORDO?feat=content_notification