“Com Dois Pianos”

11 Julho| Auditório da Academia de Música de Ponte de Lima | 18h30
“Com Dois Pianos” Edgar Cardoso | Nuno Marques
 

PROGRAMA

I

Claude Debussy (1862/1918) por Edgar Cardoso

– Danseuses de Delphes

– Voiles

– Le vent dans la plaine

– La fille aux cheveux de lin

– Ce qu’a vu le Vent d’Ouest

– La Cathédrale engloutie

II

Franz Liszt (1811/1886) por Nuno Marques

– Sonata em Si menor


Edgar Cardoso nasceu no Porto em 1992. Aluno de Sandra Meister, na Academia de Música de Vilar do Paraíso, prosseguiu estudos com Álvaro Teixeira Lopes. Atualmente conclui a Licenciatura em Música na Staatliche Hochschule für Musik und Darstellende Kunst Stuttgart (Alemanha), ao abrigo do programa ERASMUS, sob a orientação pianística de Friedemann Rieger, Nicholas Hodges e Andrzej Ratusinski. Na Universidade de Aveiro, ganhou quatro Prémios de Mérito e dois Prémios Universidade de Aveiro. Destacam-se, entre outros, alguns prémios obtidos em concursos de piano: Concurso Ibérico do Alto Minho (Melhor Interpretação da Peça Obrigatória em 2007, 2º prémio em 2008 e 2009, 1º em 2010); Concurso Marília Rocha (2º prémio em 2007, Prémio Marília Rocha e 3º prémio em 2009, 1º em 2010); Prémio «Helena Sá e Costa» do concurso interno da Academia de Música de Vilar do Paraíso; Concurso Luso-Espanhol de Fafe (1º prémio em 2008); Concurso Nacional de Piano de Coimbra (2º prémio em 2008, 1º em 2009); Concurso Internacional “Cidade do Fundão” (2º prémio em 2008, 1º em 2010); Concurso Santa Cecília (2º prémio em 2009, 1º em 2010); Concurso Nacional Paços Premium (1º prémio em 2009 e 2011) e Concurso Real Club Náutico de Vigo (finalista em 2011). Realizou recitais, como solista, em Portugal, Alemanha e Inglaterra, um concerto para piano com a Orquestra de Alcalá (Madrid), como pianista da orquestra BISYOC, Shropshire, Inglaterra. Em 2009, no curso Chetham’s International Piano Summer School em Manchester, teve aulas com Peter Donohoe, Radoslav Kvapil, Joan Havill e John Gough e ainda gravou um CD. No curso PIANALE Piano Academy, em Schlitz (Alemanha), teve oportunidade de trabalhar com Joaquín Soriano, Uta Weyand, Akiko Ebi, Ralf Nattkemper e Friedemann Rieger. Executou a primeira audição moderna de obras de Miguel Ângelo Pereira. Estreou obras de Pedro Santos em Vila Praia de Âncora. Participou ativamente em diversas masterclasses com Álvaro Teixeira Lopes, Andrei Diev, Christopher Hinterhuber, Dmitry Alexeev, Luiz de Moura e Castro, Maria José Souza Guedes, Mário Laginha, Miguel Borges Coelho, Murray McLachlan, Philippe Cassard, Ratimir Martinović e Yuri Ananiev.

Nuno Silva Marques estudou no Centro de Cultura Musical com o professor José Alexandre Reis, com quem concluiu o curso de piano com a classificação máxima. Na Guildhall School of Music & Drama – Londres estudou com Artur Pizarro e Caroline Palmer e ingressou no Royal College of Music obtendo o título de Master in Performance com Niel Immelman em 2006. Os seus estudos foram apoiados pela União Europeia (DFes), Fundação Gulbenkian e pelos Amigos da Música- Centro Cultural S. Lourenço. Participou em cursos e masterclasses de piano com Irina Zaritzkaya, Joel Bello Soares, Pedro Burmester, Tsiala Kvernadze, Vitaly Margoulis e Lazar Berman; e música de câmara com Stefan Popov, Jean Jacques Balet, Takaks Quartet, Florestan Piano Trio, Bernard Greenhouse (Beaux Arts Piano Trio), Alexander Rudin, Toby Hoffman e Ilia Grubert. Foi membro fundador do Trio Vianna da Motta, formado em 2001, tendo gravado obras de Schumann, Haydn, El-Turk e Piazzolla para a editora Centro Atlântico. O Trio Vianna da Motta apresentou-se em público em várias cidades de Inglaterra e Portugal, onde atuaram para o Presidente da República e o Primeiro-Ministro. O Trio foi laureado no Prémio Jovens Músicos, edição 2003. Em 2007 fundou o Cadenza Trio com quem se apresentou em Portugal, Espanha e Suíça. Fez parte do ensemble Underground Contemporary Music com quem atuou em The Warehouse, Londres. Também é membro de Cre-art Project tendo colaborado com este grupo desde a sua criação e do Krater Ensemble. Apresentou-se a solo em várias cidades de Portugal, Inglaterra, Alemanha, Suíça e Espanha. Atuou em importantes auditórios como St-Martin-in-the-Fields (Londres) e festivais internacionais como a Quincena Musical Donostiarra ou Musikaste, San Sebastian (Espanha). Destacam-se também concertos a solo com a Orquestra Artave e a Orquestra do Norte. Atualmente desenvolve a sua carreira pedagógica no Conservatório do Porto, Companhia da Música em Braga e termina o seu 2º Mestrado em Ensino da Música na Universidade de Aveiro.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *