“Diálogo de Cordas”

5 Julho | Teatro Diogo Bernardes | 18h30
“Diálogo de Cordas”
Eliseu Silva Violino | Olga Amaro Piano

PROGRAMA
I
– C. Saint-Saens (1835/1921)
                       Introduction et Rondo Capriccioso op. 28
– F. Kreisler (1875/1962)
                       Liebesleid
– C. Debussy / J. Heifetz (1901/1987)
                       Beau Soir
– P. Tchaikovsky (1840/1893)
                       Valse-Scherzo op.23
II
– I. Albeniz (1860/1909) 
                       Tango op.165
– E. Granados / F. Kreisler (1875/1962) 
                       Danse Espagnole
– H. Villa-Lobos (1887/1959)
                       O Canto do Cisne Negro
– A. Piazzolla (1921/1992) 
                       Libertango
                       Milonga en re
                       Fracanapa
– C. Gardel (1887-1890?/1935)/ J. Williams 
                       Por una Cabeza


Eliseu Silva, natural do Porto, nasceu em 1983. Ingressou no Conservatório de Música do Porto, na classe de violino do Prof. José Paulo Jesus. Licenciou-se na ESMAE com classificação máxima na classe do professor Radu Ungurano. Estudou paralelamente com Prof. Valentin Stefanov. Realizou Pós-Graduação em Performance e Mestrado em Pedagogia e em Ensino de Música, na Universidade de Aveiro. Atualmente, é doutorando no Curso de Música e Musicologia, vertente de Interpretação, na Universidade de Évora.
Obteve diversos prémios e galardoes nos concursos “Júlio Cardona” (Covilhã) e Prémio Jovens Músicos – Rádio Difusão Portuguesa, assim como no Concurso Superior de Interpretação do Estoril, Concurso de Cordas da Yamaha Music Foundation Of Europe e Concurso Helena Sá e Costa, Prémio Engº António de Almeida, Prémio Rotary Club Porto e Concurso Internacional de violino José Augusto Alegria. Em Março de 2005 obteve a Bolsa de Mérito do I.P.P Instituto Politécnico do Porto. Foi convidado pelo professor Uwe-Martin Heiberg para integrar a sua classe na Hochschule Fur Musik Hanns Eisler Berlin.
Em 2003 foi o primeiro violinista português a ser membro da GUSTAV MAHLER JUGEND ORCHESTER(GMJO), para uma Easter Tour na Suiça e no Japão com Pierre Boulez. Apresentou-se a Solo com variadas orquestras e agrupamentos musicais como a Orquestra de Câmara do Conservatório Música do Porto, Sinfonieta da ESMAE, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Académica do Porto, Ensemble Música Esperança e Lusitanæ Ensemble, Orquestra do Vale do Sousa, desempenhando em muitas destas o cargo de concertino e como solista Fez vários recitais pelo país e no estrangeiro, a solo e com piano. Destacam-se os mais recentes, realizados em Bucareste e Constanza (2011) com a pianista Olga Amaro e, ainda, concertos inseridos nos Festivais de Outono em Aveiro, Festival de Cascais, Ponte de Lima, Vila Real e Bragança. Orientou várias Master-Classes em Aveiro, Porto e Maia. Como repercussão do seu trabalho de Mestrado dirige e coordena um projecto de cariz social, envolvendo o Curso de Musica Silva Monteiro Câmara do Porto, o Ministério da Educação, a Bial e o BPI em que tem a orquestra como instrumento dinamizador.
Olga Amaro é diplomada pela Universidade de Stellenbosch, integrando durante anos a classe da pianista Nina Schumann, com quem concluiu em 2008 o grau de Mestre em Piano Performance cum laude. Ao longo do seu percurso musical foi aluna de Eugénia Moura (AMFF) e Constantin Sandu (ESMAE) formando-se paralelamente com músicos como Helena Sá e Costa, Sequeira Costa, Vladimir Viardo, Konstantin Sherbakov, Alexei Lubimov, entre outros.
Detentora de vários prémios a nível nacional e internacional, entre eles o 1º Prémio no Concurso Nacional Florinda Santos (1996), Mabel Quick Competition e o 1º Prémio na Categoria de Ensemble do ATKV-Muziq Competition (Pretória, África do Sul), Olga Amaro é uma presença regular como solista e músico de câmara, tendo realizado concertos em Portugal, Espanha, Roménia, África do Sul e Moçambique.
De 1997 a 2003 foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian, tendo também recebido o Prémio Lions Clube e a Bolsa de Mérito do Instituto Politécnico do Porto (2002). Em Outubro de 2011 foi laureada com o Prémio de Melhor Pianista do 5º Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa. Presentemente ocupa o cargo de pianista acompanhadora da AMFF.
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *