Artigos

Laureados 2013 – 10º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho

LAUREADOS 10º CONCURSO IBÉRICO DE PIANO DO ALTO MINHO


Classe A

1º Francisco Nunes Vieira de Almeida / Mateus Martins Meireles de Barros.
2º Sofia Cruzeiro Almeida de Oliveira.
3º Maria Luisa Ribeiro Gonçalves.

Menção Honrosa: Thiago William Carvalho Tortaro.
Melhor interpretação da peça obrigatória: Mateus Martins Meireles de Barros.

Classe B

1º Não foi atribuído.
2º Não foi atribuído.
3º Rafaela Ribeiro de Oliveira.

Menção Honrosa: Pedro Duarte Gamito Almeida Marques / Sofia Gonçalves.

Melhor interpretação da peça obrigatória: Não foi atribuído.

Classe C

1º Não foi atribuído.
2º Ema da Costa Lecomte / Ricardo António Barroso da Costa.
3º Isaac Morgado Santos.

Menção Honrosa: Carina Cardoso Silva / Fernando Luís Santos Rego / Luís Miguel Martins Brito.

Classe D

1º Bruno Ferreira.
2º Jorge Garcia.
3º Hugo Peres.

Melhor Interpretação: Bruno Ferreira.

Classe E

1º António Silva.
2º Não foi atribuído.
3º António Dias / Duarte Martins.

Melhor Interpretação: Duarte Martins.

10º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho | INSCRIÇÕES ABERTAS

O 10º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho continua a tradição de divulgar a obra de compositores ibéricos.
Considerando que, este ano, se comemoram os 25 anos da Academia de Música Fernandes Fão, decidiu-se que a peça obrigatória, nesta edição, será dedicada a todos os compositores ibéricos, independentemente da época a que pertençam. Assim, cada concorrente deverá apresentar uma obra de um compositor português ou espanhol.
O Concurso terá lugar de 16 e 21 de Março 2013, na AMFF, no Auditório do Centro Cultural de Vila Praia de Âncora.
As inscrições já estão abertas, podendo ser feitas nas secretarias da AMFF (Vila Praia de Âncora, Ponte de Lima, Valença ou Melgaço) ou diretamente online.
Para consultar mais informações sobre o Concurso, clique aqui.

9º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho | INSCRIÇÕES ABERTAS

Informam-se os interessados que estão abertas as inscrições para o 9º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho.
Poderá consultar mais informações sobre o Concurso em: http://www.academiafernandesfao.pt/page.php?sec=concursos
Brevemente ficará disponível no site da AMFF, o desdobrável do Concurso, bem como as partituras das peças obrigatórias.

Concerto de encerramento – 8º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho

Chegou ao fim mais uma edição do Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho, cujo compositor convidado, este ano, era o compositor nortenho Pedro Santos. Veja aqui as fotografias do Concerto de Encerramento, com os laureados desta 8ª Edição.

De seguida, revelamos os resultados deste concurso que visa promover a Música Portuguesa e, sobretudo, permitir aos concorrentes alargar conhecimentos e experiências.

LAUREADOS 8º CONCURSO IBÉRICO DE PIANO DO ALTO MINHO

Classe A

1º Prémio – ex-aequo
Ana Beatriz Pereira e Sá
Manuel Prata da Costa Amaral Pereira
Rafaela Ribeiro e Oliveira

2º Prémio
João Eduardo Madeira Carneiro

3º Prémio – ex-aequo
Helena Maria Machado Mateus
Maria João Carvalho Matias

Menção Honrosa
Não atribuído

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória
Ana Beatriz Pereira Sá

Classe B

1º Prémio – ex-aequo
Eduardo Vida Larga
Ricardo António Barroso da Costa

2º Prémio – ex-aequo
Fernando Luís Santos Rego
Javier Fernandez Veiga

3º Prémio – ex-aequo
Inês Vieira Vaz
Luís Freitas da Cruz

Menção Honrosa
Inês Margarida Pereira Ribeiro
Luís Miguel Martins Brito

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória
Fernando Luís Santos Rego

Classe C

1º Prémio – ex-aequo
Hugo Brandão Airão Peres
João Pedro da Fonseca Marques

2º Prémio
Anxelo Maia Rodriguez

3º Prémio
Ava Catarina Lobo Passos

Menção Honrosa
João Fernandes Mikus

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória
Anxelo Maia Rodriguez
João Pedro da Fonseca Marques

Classe D

1º Prémio
Não atribuído

2º Prémio – ex-aequo
Nuno Miguel do Vale Ventura de Sousa
Sara Vaz

3º Prémio
Não atribuído

Menção Honrosa
André David Silvestre
Laura Zapatero Carreiro
Nuno Filipe Duarte Lucas

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória
Júlia Pessanha Faleiro Teixeira de Azevedo

Classe E

1º Prémio (por unanimidade e com felicitações do Júri)
Vasco Silva Dantas Rocha

2º Prémio
Luís Filipe Castro Monteiro da Costa

3º Prémio
Não atribuído

Menção Honrosa
Não atribuído

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória
Luís Filipe Castro Monteiro da Costa
Vasco Silva Dantas Rocha

Recitais Jovens Talentos 2011

Decorreram, nos dias 9, 10 e 11 de Abril, no Auditório do Centro Cultural de Vila Praia de Âncora, os Recitais dos Jovens Talentos, nos quais participaram os laureados do 7º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho 2010 e os laureados do Concurso de Santa Cecília 2010, Porto.

Brevemente estarão disponíveis mais fotografias dos recitais. Fique atento!

Concerto Conferência: Criação, Edição e Divulgação dos Compositores Portugueses

Ontem, dia 8 de Abril 2011, decorreu no Auditório do Centro Cultural de Vila Praia de Âncora, o Concerto / Conferência, intitulado “Criação, Edição e Divulgação dos Compositores Portugueses”. A primeira parte foi constituída por um pequeno debate em que intervieram os conferencistas Manuela Paraíso e Carlos Araújo Alves com a moderação de Eugénia Moura, presidente da Academia de Música Fernandes Fão e a participação do compositor homenageado do 8º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho, Pedro Santos. Nesta mesa redonda, foram abordados diversos tópicos, desde a dificuldade que os jovens compositores têm em ouvirem as suas obras a ser executadas até à problemática de divulgação das obras de compositores portugueses.
A solução passa muitas vezes, tal como afirmou Manuela Paraíso, por serem os próprios compositores a procurarem fazer a sua auto-divulgação e serem perseverantes nas iniciativas para se fazerem ouvir. Não se devem coibir de enviar as suas notas biográficas e dar a conhecer as suas obras aos meios de Comunicação Social. É um exemplo deste tipo de divulgação, o blog da Manuela Paraíso, intitulado “Portuguese Music and Musicians” (http://portuguesemusicandmusicians.blogspot.com/) ou o seu programa de rádio “Na Outra Margem”, na rádio Europa. Carlos Araújo Alves também abordou a importância da descentralização, pois apesar da “crise” actual, o próprio país possui infra-estruturas, como a rede de cine-teatros, por exemplo, onde se podem realizar vários concertos de Música Portuguesa. Tal como ele afirmou, é preciso preservar o Património Musical, tal como se preserva o Património Histórico ou Arqueológico, embora o primeiro seja um património imaterial.

Na segunda parte do Concerto, o público pôde apreciar as obras do compositor Pedro Santos, acompanhadas de comentários feitos pelo próprio, a explicar a origem das mesmas. O primeiro conjunto das peças “Estórias para a Judite”, interpretadas pelo pianista Edgar Cardoso, foram compostas por inspiração nos objectos do quotidiano da filha do compositor. Estas peças foram encomendadas pela AMFF, especificamente para o Concurso de Piano, fazendo parte das peças obrigatórias das classes A, B, C e D. As obras obrigatórias para classe E, também tocadas por Edgar Cardoso, não foram encomendadas para o Concurso pois já existiam e foram inspiradas no Outono.

O seu trabalho criativo explora frequentemente uma relação com outras formas de expressão artística tais como o teatro, a dança e a literatura. Desta forma, também foram apresentadas as obras “Le Corbeau et le Renard”, executadas por Catarina Costa e Silva e Tiago Sá, “Shinning Shiness”, demonstrada em vídeo, peça esta encomendada por um amigo intérprete durante o tempo que passou na Holanda, no Conservatório em Haia e “Acto”, interpretada também por Catarina Silva e pelo professor da AMFF, Paulo Barbosa (clarinete).
A obra “Miniatura”, primeira obra de Pedro Santos, foi executada pelos professores da AMFF, Gaspar Lima (clarinete) e Olga Amaro (piano).
Por fim, como é habitual, teve lugar um Verde d’Honra com todos os convidados e participantes do Concerto / Conferência, no qual se cortou oficialmente o bolo de Abertura do Concurso de Piano.

8º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho – 7º Festival da Primavera

Começa na próxima sexta-feira, dia 8 de Abril 2011, o 8º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho. Este ano, o compositor homenageado é o compositor nortenho Pedro Santos.
A recepção dos concorrentes inicia-se às 18h00. De seguida, às 18h30, decorre o Concerto de Abertura no Auditório do Centro Cultural de Vila Praia de Âncora. Este evento, intitulado “Concerto / Conferência: “Criação, Edição e Divulgação dos Compositores Portugueses“, vai ter uma mesa redonda com os conferencistas Manuela Paraíso e Carlos Araújo Alves, e Eugénia Moura, presidente da Academia de Música Fernandes Fão, como moderadora.
Na segunda parte do Concerto, teremos o prazer de ouvir obras comentadas de Pedro Santos, as quais serão interpretadas por músicos convidados e professores da Instituição.
Simultaneamente, vai decorrer o 7º Festival da Primavera, o qual contará com pequenos concertos ao fim da tarde, todos os dias da duração do Concurso de Piano.
Nos dias 9, 10 e 11 de Abril são os Recitais dos Jovens Talentos, nos quais vão participar os laureados do 7º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho 2010 e os laureados do Concurso de Santa Cecília 2010, Porto.
No dia 12 de Abril poderá assistir ao Concerto “Tempo de Amar…Música de Câmara”, com a orquestra de cordas da AMFF e piano.
No último dia, 13 Abril, é a vez dos laureados do 8º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho 2011 nos oferecerem o concerto de encerramento.
Todos os concertos têm ENTRADA LIVRE e vão ocorrer às 18h30, no Auditório do Centro Cultural de Vila Praia de Âncora.
Consulte a programação do Festival da Primavera, mais detalhadamente, clicando aqui.

Concerto de Laureados 2010 – 7º Concurso Ibérico de Piano do Alto Minho

LAUREADOS 7º CONCURSO IBÉRICO DE PIANO DO ALTO MINHO

Classe A

1º Prémio ex-aequo
Cristovão Ribeiro
Inês Leite

2º Prémio ex-aequo
Leonor Conde
Mafalda Maciel

3º Prémio
Luís Brito

Menção Honrosa
Anastácia Ponomarenko
Fernando Rego
Pedro Martins

Classe B

1º Prémio
Eric Aelenei

2º Prémio ex-aequo
Eduarda Azevedo
Eduardo Vida Larga

3º Prémio ex-aequo
Ana Rita Rosa
Andrei Miguéns
João Mikus

Menção Honrosa
Ana Patrícia Almeida
Carlos Costa
Carolina Conde
Javier Veiga
Sara Fernandes

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória
Carlos Costa

Classe C

1º Prémio (Com Felicitações)
Bruno Ferreira

2º Prémio
Marta Vázquez

3º Prémio
Ava Passos

Menção Honrosa
Almudena Rodriguéz – Sieiro
Ana Sofia Vaz
Anxelo Rodriguez
Cláudia Serra

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória (Ex-aequo)
Bruno Ferreira
Marta Vázquez

Classe D

1º Prémio
João Pedro Almeida

2º Prémio ex-aequo
Dalila Teixeira
Rosalía Lasheras

3º Prémio
Não atribuído

Menção Honrosa
Simão Neto

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória
Rosalía Lasheras

Classe E

1º Prémio ex-aequo
Edgar Cardoso
Marta Menezes

2º Prémio
Luís Filipe Costa

3º Prémio ex-aequo
Carla Nogueira
Duarte Martins
Vasco Rocha

Melhor Interpretação da Peça Obrigatória
Luís Filipe Costa